Você gosta de política?

Nunca consegui gostar de política, ficava assustada ao ver adultos, colegas da escola, do trabalho discutindo agressivamente ao ponto de romperem laços de amizade e familiar, pelas divergências política e partidárias.

Sem falar nos candidatos que foram assassinados na cidade que cresci com minha família. Lembro-me de um farmacêutico muito bom e prestativo, sempre nos ajudava quando tínhamos duvida em relação ao efeito de um medicamento. Muita gente confiava e gostava dele. Ele se candidatou para vereador e não me lembro se chegou a ganhar, mas foi assassinado. E muita gente, lamentou a morte dele, inclusive eu. A maioria desconfiou que foi por causa de política, mas disseram que ele devia algo a alguém. O fato é que não se sabe o motivo até hoje.

Cheguei a ir em alguns comícios, por causa dos shows e no começo ficava impressionada com os discursos dos candidatos, com muitas promessas de ajudar a população, mas que depois fui percebendo que era tudo mentira. A maioria não cumpriu nem um terço do que prometeram.

Devido a essas coisas, a política nunca me pareceu algo bom, então procurava evitar e fugir do assunto. Na faculdade fui criticada por esse comportamento e me classificaram como analfabeta política, isso me incomodou, então resolvi me esforçar para aprender.

Comecei me inscrevendo no Grupo Mulheres do Brasil Oficial, onde tive oportunidade de assistir um webinar sobre como funciona as eleições e confesso que fiquei zangada com a forma que são eleitos vereadores e deputados, pois a maioria dos votos nem sempre garante a vitória e sim, se atingir um tal de quociente eleitoral, conforme Sistema Proporcional. Achei esse sistema muito confuso, senti dificuldade em compreender, além de constatar que era analfabeta mesmo.

Assisti uma palestra de um candidato a deputado, que explicou qual era a função/atribuições dos representantes do nosso país. Assim que compreendi o papel de cada um, lembrei dos comícios, das promessas que eles não conseguiriam cumprir, pois fugia de suas atribuições.

Me senti entediada e confusa ao ler sobre fascismo, socialismo, liberalismo, anarquismo. Ainda assim, me esforcei mais um pouco, procurei canais no Youtube de pessoas que defendiam esquerda, outros direita e até liberalismo. Fiquei exausta!

Identifiquei coisas boas e ruins em ambos os lados e nenhum deles é DIVINO. Gostaria que as coisas fossem mais simples, o que deveria ser importante são as reais intenções do candidato, o interesse genuíno dele querer trabalhar pelo bem do povo. E o povo acompanhar e cobrar por aquilo que foi prometido durante a campanha.

A impressão que tenho é que esses lados foram criados para dividir e distrair o povo do que realmente importa, tirar o foco do que precisa ser feito. “Um povo unido, jamais será vencido”, mas um povo dividido atrai guerra, lutam contra si mesmo.

Escrever isso, me fez lembrar da história de Roboão, filho do rei Salomão, que separou as tribos de Israel, por questão política, mas também por permissão de Deus, devido ao pecado do rei Salomão. Você encontra a história nos livros I Reis 12 e II Crônicas 10, para ler clique aqui e aqui. 

Brigas política é um chamariz de coisas ruins, nos separa, além de contribuir com o pecado de soberba, já que um menospreza o outro, se sentem mais inteligente e superior que o outro, por causa das divergências política.

Enquanto isso, pessoas continuam morrendo por falta de atendimento médico, crianças morrem de fome, por falta de saneamento básico, etc. E a maioria dos políticos pouco se importam com as necessidades e dor do povo e somos nós que sempre pagamos a conta no final.

Assisti 2 vídeos no Youtube de um ex assassino econômico, chamado John Perkins, inclusive ele escreveu um livro com o título Confissões de um assassino econômico. No vídeo ele fala sobre como funciona o sistema político, globalização. Imaginava que era sujo, mas o testemunho dele me fez perceber que a coisa toda é imunda. E creio que deve ter muito mais coisa terrível em oculto.

Tenho certeza que se me aprofundasse mais no assunto, poderia descobrir coisas ainda mais terríveis, mas não quero desperdiçar mais tempo ainda com coisas relacionada a política. O intuito desse post é apenas convidar as pessoas para reflexão e ouvir outras histórias.

Fiquei impressionada com o testemunho do John Perkins e até um pouco descrente, mas encontrei no Youtube um outro vídeo falando sobre bananas, que se relaciona com o testemunho dele perfeitamente, então minha descrença caiu por terra. A relação que encontrei no testemunho dele e no vídeo da banana é a empresa UNITED FRUIT CO, o país PANAMÁ e toda instabilidade política e econômica que houve nos países da América Central e Caribe.

Os 3 vídeos abriu minha mente para compreender porque na Bíblia o Senhor nos diz:

1 João 5:19 – Sabemos que somos de Deus, e que todo o mundo está no maligno.

Mateus 6:34 – Não vos inquieteis, pois, pelo dia de amanhã, porque o dia de amanhã cuidará de si mesmo. Basta a cada dia o seu mal.

E tantas outras passagens na Bíblia Sagrada, que o Senhor nos fala sobre o mal que há no homem.

Acredito que existem políticos que de fato queiram trabalhar para o bem do povo, mas ao ouvir o testemunho do John Perkins, pude perceber que os políticos que se preocupam em trabalhar pelo povo, infelizmente não consegue se manter por muito tempo no poder e em alguns casos pagam com a própria vida.

Caso queira assistir os vídeos, assista quando tiver tempo livre, para que possa prestar atenção, além de procurar estar com o coração (mente) aberta.

Do mundo não tenho expectativa de melhora, sigo me esforçando para ser merecedora de entrar no reino de Deus, quando Jesus vier nos buscar.

Links dos vídeos mencionados:

1- Documentário - Assassino Econômico, John Perkins (Legendado), clique aqui
2- TEDxTraverseCity - Economic Hit Man Confesses and Calls to Action, clique aqui
3- Por que BANANAS vão DESAPARECER?, clique aqui

Outra fonte:
Sobre UNITED FRUIT COMPANY, clique aqui. 

Livro, clique aqui.

Frases dos vídeos:

“Existem 2 formas de subjugar e escravizar: Força e Dívida”.

“O Assassino precisa conseguir um empréstimo enorme para esse país”

“São dividas impagáveis”

“Venda seus recursos, envie … para me apoiar, deixe-me construir…”

“Garantir que os recursos do país fossem usados para ajudar o povo

“Império clandestino. Quem é o imperador?”

“Corporocracia – Liderada por um grupo de indivíduos que gerenciam as grandes empresas, e eles realmente agem como os imperadores, desse império. Eles controlam a mídia, direta e indiretamente, através de publicidade, controlam a maioria dos políticos, pois financiam suas campanhas tanto através das corporações, quanto doações pessoais”.

“O mundo é um grupo de corporações, regras imutáveis dos negócios. O mundo é um negócio”.

“Globalização = Corrupção + Dividas + Golpes”.

“A economia desses pequenos países agricultores girava em torno da banana”,

“Corporação ficou conhecida por vender frutas e se intrometer na política”,

“Afetou a produção de banana, estabilidade política e econômica de vários países da América Central e Caribe”,

“Elas eram clones, ou seja, geneticamente idênticas”.

“Bilhões de dólares foram perdidos, gerou desemprego, violência, vilas abandonadas, famílias sem renda e gastos sociais”

Se sentir, compartilhe esse conteúdo, quem sabe pode contribuir para reflexão e até libertação dessa alienação terrível.

Deus abençoe!

#Política
#PolíticaExterna
#Apolítica
#Confissoesdeumassassinoeconomico
#republicadasbananas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s