Reflexão: rei Salomão [4/5]

Consequências:

I Reis 11, versículo 12-13: Devido a isso, o Senhor decidiu rasgar o reino de Salomão da mão do filho dele, porém não rasgou todo o reino: Uma tribo darei a teu filho, por amor de meu servo Davi, e por amor de Jerusalém que tenho elegido.

O sucessor de Salomão foi seu filho Roboão.

Olha a misericórdia de Deus para com as pessoas. Davi também errou, mas devido a sinceridade e arrependimento, conseguiu obter o perdão de Deus.

Se continuarem a ler a bíblia, vocês vão perceber o quanto a idolatria desagrada Deus. Quem pratica a idolatria está irritando, provocando e afastando Deus de suas vidas.

Você sabe o que é idolatria?

Ação de cultuar ídolos, imagens; o culto que se faz aos ídolos.
[Figurado] Excesso de amor; admiração demonstrada de maneira exagerada.
Idolatria é sinônimo de: paixão, amor, culto, adoração, veneração.

Fonte: https://www.dicio.com.br/idolatria/

Mas será que idolatria é só o ato de cultuar ídolos e imagens?

Tipos de idolatria:

Da natureza: Culto a “deusa mãe” ou “mãe terra”, crenças em gnomos, duendes e outros seres mitológicos dos bosques e florestas. Celebrações em certas estações do ano (ciclos do plantio e da colheita), entre outros. Folclore brasileiro: Caipora, Sereia Iara. Animais que são colocados como sagrados.

De pessoas: Inclusive amor próprio. Os egípcios acreditavam que Faraó era um deus e e ele acreditava ser um deus. Não é a toa que ele quis enfrentar Deus mesmo diante de tantas pragas (história de Moisés na Bíblia Sagrada). Você conhece alguém que tem excesso de amor próprio?

Tem alguma pessoa famosa que admira e segue excessivamente? Lembro que na minha adolescência, gastava todo o meu pouco dinheirinho para comprar pôster de bandas famosas da época e o que ganhei com isso? Tempo e dinheiro desperdiçado.

Você já se apaixonou perdidamente por uma pessoa? Eu já e acreditava que esse sentimento era bom, mas só sofri e fui escrava. Se apaixonar é como entregar o seu coração para outra pessoa, se esquecendo de si próprio e claro de Deus. É cada situação terrível que você se coloca, que quando analisa, fica chocada com o que foi capaz. Aceita ser tratado de qualquer maneira e deixa que outra pessoa comande a sua vida. Se torna escravo do sentimento.

Adoração aos filhos.

De coisas: Lembro que uma vez na igreja um irmão contou que tem uma neta de 5 anos e que era super apegada a ele. Ele chegava na casa da filha para visita-los e a menina não queria sair do lado dele, mas quando ganhou um celular, o comportamento dela mudou. Ele chegava e ela nem se dava conta da presença dele e ele ficou triste, então em comunhão ele sentiu Deus falando para ele: “Assim sou eu”. O que tem te afastado de Deus?

Já pratiquei Ioga durante um certo tempo e vim descobrir que a Ioga é uma prática pagã com origem na Índia. Sabemos que na Índia há crenças em muitos deuses. Então, parei de praticar Ioga e o que mais ouvi foi “isso não tem nada a ver”, “você está exagerando”, “quer ser crente demais”, etc.

Cada um tem direito de ter sua opinião, mas observe que quando a idolatria se infiltra em nossas vidas, acabamos por considera-la normal e comum, por isso acabamos ouvindo e até falando: “Não tem nada a ver”. Não nos preocupamos em pesquisar sobre o fundamento das coisas.

O meu avô Benedito era um homem muito temente a Deus, mas na minha pré adolescência achava que ele era um religioso fanático. Quando íamos comemorar o aniversário dele, ele não permitia o uso de velas. E ao invés de perguntar a ele o motivo, apenas julgava dizendo que ele era muito fanático e que não tinha nada a ver colocar a vela no bolo, afinal todo mundo colocava.

Você já se perguntou porque tem velas nos bolos de aniversário?

Observe que o uso da vela nos bolos de aniversário é algo que se tornou tão comum e natural, que ninguém questiona porque é colocado vela em cima dos bolos de aniversário.

Foi recentemente que me preparando para fazer esse vídeo sobre idolatria e pesquisando sobre os tipos de idolatria, que lembrei dessa história do meu avô. Então fui pesquisar  no Google e veja o que descobri:

Hoje compreendo que meu avô não era um fanático religioso e sim um homem que temia muito a Deus, que buscava o fundamento das coisas e que estava em um nível espiritual muito mais elevado que o meu.

Podemos compreender idolatria como tudo aquilo que prende o seu coração (mente), que você coloca a frente de Deus.

O que te influencia? O que prende o seu coração? É importante cada um se avaliar e identificar a causa da fraqueza e distanciamento do Senhor.

Estamos colocando nossa fé em Deus ou em um objeto? Quem nunca colocou uma peça de roupa amarela, rosa, vermelha, acreditando que vai atrair determinada coisa que a cor representa no próximo ano? Antes de Deus converter meu coração, não ficava em paz se não comprasse uma peça amarela para passar o ano e a única coisa que ganhei foi uma despesa a mais na fatura.

E para encerrar essa questão de idolatria, quero falar de um exemplo impactante de veneração absoluta por Deus: Abraão.

Conhece a história de Abraão?

Em Genêsis capítulo 22: Deus manda Abraão matar seu filho Isaque

Abraão era casado com Sara, que queria muito ter um filho, mas não podia conceber e ela sempre chorava nos pés do Senhor, para Deus dar um filho a ela. Passado bastante tempo, já com idade avançada, Deus deu a ela um filho, que se chamou Isaque.

Deus para testar Abraão manda que ele mate Isaac. Não sei que sentimento nomear quando fiz a leitura dessa parte, fiquei em choque.

E Abraão ia de fato obedecer a Deus, mas no momento crucial, Deus manda ele não matar o filho e então, ele faz um sacrifício com animal.

A gente percebe nessa história o quanto Abraão era fiel a Deus.

Passei muito tempo refletindo sobre esse capítulo e me perguntando porque Deus fez esse pedido a Abraão. Ele sabia que Abraão seria capaz de matar seu filho por amor a Deus, ele sabe o que vai acontecer amanhã em nossas vidas, ele sabia que Salomão iria errar também e ainda assim avisou Salomão.

Então, por que esse teste?

Acredito que esteja relacionado com a forma que aprendemos e percebemos o mundo. Como aprendemos? Através dos nossos sentidos de ouvir, ver, falar, do exemplo.

Acredito que era para Abraão perceber até onde ia a fidelidade dele para com Deus, para ele perceber que Deus em sua vida estava acima de tudo e qualquer coisa. A gente não percebe quem são nossos verdadeiros amigos, através de um momento difícil que estamos passando?

Assim que deve ser a nossa vida, devemos colocar Deus acima de todas as coisas e pessoas. Deus em 1º lugar.

4º Parte da reflexão no YouTube:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s